Implantodontia

Os Implantes dentários tem como objetivo restaurar a saúde bucal, devolvendo um ou mais dentes perdidos e ausentes, melhorando assim, a mastigação, a fala, a estética e a autoestima do paciente. É constituído por um pino implantado cirurgicamente no osso e tem a função de raiz de dente para posterior adaptação de uma única, ou várias coroas protéticas, que podem ser fixas ou removíveis.

Até aí tudo bem, você já sabia. Mas com tanta tecnologia e avanços na área de Odontologia, fica difícil saber qual dos tantos implantes existentes no mercado é o mais indicado para o seu caso, não é verdade?

São inúmeros os tipos de implantes fabricados por empresas no Brasil e de todas as partes do mundo. Isso faz com que cada um produza um tipo diferente de implante dentário, desde os mais simples até os mais sofisticados.

O mais importante é saber que estes implantes variam em material, formato, desenho, tamanho, modelo, preço e tratamento de superfície e possuem também diferentes indicações e técnicas de implantação.

Atualmente, o tipo de implante dentário mais utilizado é o implante ósseo integrado, com base de titânio. Usado no tratamento de pacientes parcial ou totalmente desdentados, é muito eficaz, resistente e apresenta altas taxas de sucesso.

Não esqueça que só o profissional implantodontista poderá avaliar e saber qual implante dentário é o mais indicado para o seu caso, uma vez que um implante que seja indicado para você, não necessariamente seria também indicado para um outro membro da sua família ou amigo.

Mais importante do que você ter conhecimento e saber escolher implante dentário é conhecer a taxa de sucesso do tratamento. Guarde bem esta informação: o melhor implante que existe, segundo vários especialistas, é aquele que dá certo. E novamente: qualquer decisão a respeito do implante dentário terá que ser fruto de uma consulta com o seu implantodontista, que após criteriosa avaliação, irá definir e aconselhar sobre a melhor opção para você e para todos os pacientes.

O tratamento com implantes envolve todo um processo que requer conhecimento e treinamento específico. Por isso, a escolha do profissional é indispensável e de suma importância. É bom saber que a escolha feita pelo dentista em relação ao tipo de implante está relacionada com o tipo de problema a ser resolvido, variando de acordo com a idade do paciente, tipo de estrutura e estado maxilar e ósseo do paciente.

O implantodontista de sua escolha realizará um exame detalhado, envolvendo exame clínico para avaliar sua condição bucal, dentes e quantidade e qualidade óssea. Ele também levantará seu completo histórico médico e até as razões da perda dos dentes. Exames complementares como radiografias e/ou tomografias e modelos de estudo poderão ser solicitados. Portanto, procure sempre um profissional que lhe oriente e passe confiança.

Muitos pacientes têm dúvidas sobre implante dentário. Embora se trate de uma cirurgia simples, muita gente se sente insegura por desconhecer como funciona o procedimento.

No entanto, não é preciso ter medo! O implante dentário nada mais é do que a instalação de um pequeno tubo metálico, substituto da raiz do dente, que servirá de suporte para a colocação de uma prótese. No post de hoje vamos trazer os principais questionamentos levados aos consultórios sobre implante dentário.

Comparado a outros procedimentos, os implantes dentários apresentam uma alta taxa de sucesso. Cerca de 98% dos casos de implante são bem-sucedidos, ou seja, não apresentam qualquer tipo de rejeição ou complicações no pós-operatório. Uma vez que a perda de um dente costuma afetar de forma significativa a autoestima do paciente, além de ser um procedimento com alta taxa de sucesso, boa parte dos pacientes acaba ficando muito satisfeita com o resultado!

Existem certos casos em que o implante dentário não é recomendado. É o caso, por exemplo, de pacientes que estejam em tratamento de quimioterapia e radioterapia, pacientes que têm osteoporose e hepatite, além de mulheres grávidas.

Pacientes que fumam em excesso podem até fazer o implante, no entanto, é preciso estar ciente que as chances de rejeição são maiores nesses casos.

Os casos de rejeição de implante dentário são praticamente nulos. Isso porque, o procedimento envolve uma instalação de um cilindro de titânio que é um material biocompatível. O cilindro onde será instalada a prótese se integra ao tecido ósseo sem apresentar nenhum tipo de rejeição. Em razão dessa característica, o titânio faz com que o implante fique fixo na estrutura da arcada dentária, conferindo aos dentes artificiais o mesmo aspecto e funcionalidade dos dentes naturais.

Nosso especialista é o Dr Daniel.

"O sorriso é a porta de entrada para a felicidade;
seja feliz sorria sempre"

Joaquim Alves

CONTATO

Fone: (48) 3348-0934
WhatsApp: (48) 99165-1939
Funcionamento: de segunda à sexta
Das 8:00 às 12:00 - 13:00 às 19:00


Av. Almirante Tamandaré, 94 - Sala 408 - Ed. Coral Center
Coqueiros - Florianópolis - SC

MARQUE SUA CONSULTA